quarta-feira, agosto 15, 2007

Ouviu esse refrão uma vez, não esquece nunca mais.

sexta-feira, agosto 10, 2007

Se o mundo não precisasse de você e você não precisasse deste mundo, você jamais teria vindo para cá. Deus não joga Seu precioso filho na dor desta jornada sem um propósito.

É possível que você não possa ver uma razão. Que poderia vir como nenhuma surpresa - que uma criatura não consiga compreender o plano de seu Criador. Apesar disso, ao final os frutos de seu trabalho desabrocharão para que todos vejam.

Alguns crescem como o trigo do campo, irrompendo do solo e amadurecendo em uma única estação. Mas sua produção é tamanha que deve ser descascada, moída e refinada e amassada e assada, antes de fazer bem ao mundo - e muito pode ser posto de lado.

Outros crescem como a tamareira, que pode amadurecer por setenta anos antes que chegue seu primeiro fruto. Mas é seu fruto que é doce e satisfatório para a mão que o apanha, e todas as partes da palmeira e de seu fruto têm algo de valor a oferecer.

Are e semeie.

Os frutos virão.

Da sabedoria do Lubavitcher Rebe; palavras e condensação por Tzvi Freeman

Fonte:Religare

quinta-feira, agosto 09, 2007

"O amor e o desejo são as asas do espírito das grandes façanhas"
(Johann Wolfgang von Goethe)

quinta-feira, agosto 02, 2007