sábado, julho 31, 2010

Por 42 anos e 8 meses morei na Rua *Jaceru (antiga Guararapes e anterior Gertrudes) e vou listar aqui
um pouco das minhas memórias:

O Brejo ao fundo da rua e os inevitáveis sapos no quintal de casa

Os meus amigos de brincadeiras: Márcio, Simone, Kátia, Patrícia e a Adriana

O adorado gramado da casa térrea

As minhas gatinhas: Mimi, Nicole, Chris , Jill e Creminho

A nossa pombinha-rola Silvana

O carinho (in memoriam) do Sr. Eugene,Sr. Simon, Sra. Fanny,  Sra. Antonietta  , Sr. Igor e Sra. Stela

Por um bom período não tivémos telefone e eu ia na casa da Sra. Serafina ligar

A construção (bloco a bloco) da nova casa

O deslumbramento de ter um Shopping como vizinho

O apito da hora do almoço na Durex

O açougue da Berna

Os churrascos da Josy

O Dr.Luiz (dentista)

Os muros e os portões baixos de várias casas

As folhas das árvores que enfeitavam a calçada da Tempermetal

As roupas que minha mãe costurava pra Esquimó

As imagens de Santo Antonio que a Estelinha me deu

A sinuca do Sr. João e do Sr. Orlando

O futebol de rua do Carmelo,Paulinho e outros garotos

A Sra. Ana e sua pensão

O Sr. Waldemar e o  abaixo-assinado pra CET

A nogueira do Sr. Vicente

O som do piano da Rose

O charme da Sra. Marília

Os cachorros dos vizinhos: Gringo, Napoleon,Goover, Pussy,Mel,Dany...


...

*Jacayru – (tupi) – Lugar das melancias

terça-feira, julho 27, 2010

E no meu MP3 player:


You're the one who makes me happy honey
You're the sun who makes me shine
When you're around I'm always laughing
I want to make you mine

segunda-feira, julho 26, 2010

Linda Galeria:

Blommor och hus
de Maria Sahlander.
Reflexão desta manhã:

Não é possível ser bom pela metade.
Léon Tolstoi

terça-feira, julho 20, 2010

sábado, julho 17, 2010

Mulher Maravilha Repaginada que
cansou do maiô.



Fonte: DC Comics

sexta-feira, julho 16, 2010

Hoje que conheci a obra de Thiago Mello:

Artigo 1


Fica decretado que agora vale a verdade, agora vale a vida e de mãos dadas marcharemos todos pela vida verdadeira;



Artigo 2

Fica decretado que todos os dias da semana, inclusive as terças-feiras mais cinzentas, tem direito a converter-se em manhãs de domingo;



Artigo 3

Fica decretado que a partir deste instante, haverá girassóis em todas as janelas, que os girassóis terão direito a abrir-se dentro da sombra e que as janelas devem permanecer o dia inteiro abertas para o verde onde cresce a esperança;



Artigo 4

Fica decretado que o homem não precisará nunca mais duvidar do homem, que o homem confiará no homem como a palmeira confia no vento, como o vento confia no ar, como o ar confia no campo azul do céu; parágrafo único, o homem confiará no homem como um menino confia em outro menino;



Artigo 5

Fica decretado que os homens estão livres do julgo da mentira, nunca mais será preciso usar a couraça do silêncio nem armadura de palavras, o homem se sentará a mesa com seu olhar limpo porque a verdade passará a ser servida antes da sobremesa;



Artigo 6

Fica estabelecida durante dez séculos a pratica sonhada por Isaías que o lobo e o cordeiro pastarão juntos e a comida de ambos terá o mesmo gosto de aurora;



Artigo 7

Decreta e revogada, fica estabelecido o reinado permanente da justiça e da claridade, e a alegria será uma bandeira generosa para sempre desfraudada da alma do povo;



Artigo 8

Fica decretado que a maior dor sempre foi e será sempre não poder dar-se amor a quem se ama e saber que é a água que dá a planta o milagre da flor;



Artigo 9

Fica permitido que o pão de cada dia que é do homem o sinal de seu suor, mas que sobretudo tenha sempre o quente sabor da ternura;



Artigo 10

Fica permitido a qualquer pessoa, qualquer hora da vida o urro do trai branco;



Artigo 11

Fica decretado por definição que o homem é o animal que ama, e que por isso é belo, muito mais belo que a estrela da manhã;



Artigo 12

Decreta-se que nada será obrigado nem proibido, tudo será permitido, inclusive brincar com os rinocerontes e caminhar pelas tardes com imensa begonia na lapéla; parágrafo único, só uma coisa fica proibida, amar sem amor;



Artigo 13

Fica decretado que o dinheiro não poderá nunca mais comprar um sol das manhãs de todas, expulso do grande baú do medo, o dinheiro se transformará em uma espada fraternal para defender o direito de tentar e a festa do dia que chegou;



Artigo Final

Fica proibido o uso da palavra liberdade, a qual será subrimida dos dicionários e do pantano enganoso da dor, a partir deste instante, a liberdade será algo vivo e transparente como um fogo ou um rio, e a sua morada será sempre o coração do homem.
Reflexão da Manhã:

"Quanto mais me despedaço, mais fico inteira e serena."
 [Cecília Meireles]

terça-feira, julho 13, 2010

Dia Mundial do Rock



https://www.youtube.com/watch?v=ZgdufzXvjqw

quinta-feira, julho 01, 2010